Lucas Ribeiro

FORO DE SÃO PAULO
Lucas Ribeiro

A reaproximação do governo argentino ao chavismo e o movimento interno de calote aos credores do FMI apontam para a retomada de uma política externa e interna cada vez mais radicalizada.