INVERNO DEMOGRÁFICO

Queda da natalidade preocupa italianos

Juliana Freitag · 21 de Maio de 2022 às 10:26

Número de nascimentos chegou ao mínimo que só era esperado para 2032. Evento sobre o tema exige medidas políticas para evitar que o problema afete o PIB, previdência e bem-estar social

ITÁLIA - A segunda edição do evento “Estados Gerais da Natalidade”, a maior manifestação italiana dedicada à discussão de medidas para contrastar a crise demográfica do país, ocorreu nos dias 12 e 13 de maio, em Roma. O evento é organizado pela Fundação pela Natalidade e pelo Fórum de Associações Familiares, ambos presididos por Gigi De Palo, pai de cinco filhos e católico. Neste ano os painéis contaram com as presenças de associações médicas, jornalistas, demógrafos, sociólogos, políticos e personalidades do mundo da cultura e do espetáculo. Papa Francisco, que este ano não pôde comparecer, enviou uma mensagem aos participantes durante a abertura do evento.

Realizado pela primeira vez em 2021, o evento foi idealizado como uma reação aos dados demográficos de 2020 do Instituto Nacional de Estatística (ISTAT). Diante de indicadores que superaram as piores previsões do... (faça login para continuar lendo)