DEMOCRACIA?

Polícia Federal invade TV Piauí e manda encerrar programação

Diógenes Freire · 23 de Setembro de 2022 às 14:51

A empresa é acusada de “divulgar fake news” ao noticiar uma operação da PF que apreendeu dinheiro supostamente ligado à campanha do candidato do PT ao governo do estado

Na manhã desta sexta-feira (23), a Polícia Federal invadiu os estúdios da TV Piauí, em Teresina, durante a transmissão do programa Café com Notícias, e mandou encerrar a programação. A empresa é acusada de “divulgar fake news” contra o PT.

Esta semana a TV Piauí noticiou uma operação da PF que apreendeu dinheiro supostamente ligado à campanha do candidato do PT ao governo do estado, Rafael Fonteneles.

De acordo com o juiz do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI), Marcelo Pio, a informação teria sido “distorcida” pelo jornal.

“Inexiste correlação da campanha do candidato representante com a apreensão e, por isso, os representados não têm provas para corroborar com as falsas acusações que realizaram [...] As afirmações, inicialmente divulgadas antes da verificação dos fatos, criam um estado mental fictício, baseado, à evidência, em afirmação notoriamente inverídica”, disse o juiz ao decidir em favor do PT.

O juiz determinou a exclusão das matérias que incomodaram o candidato do PT e a suspensão das redes sociais do jornal. O magistrado ainda estabeleceu multa diária de R$ 10 mil em caso de descumprimento.

Em nota, a PF informou que durante o cumprimento do mandado foram apreendidos documentos, aparelhos celulares e computadores.

O vídeo com o momento da interrupção ainda está publicado no Youtube.

A TV Piauí é um dos poucos veículos de comunicação do estado que denuncia os esquemas de corrupção comandados pela esquerda.



 

 


"Por apenas R$ 29/mês você acessa o conteúdo exclusivo do Brasil Sem Medo e financia o jornalismo sério, independente e alinhado com os seus valores. Torne-se membro assinante agora mesmo!"