BRASÍLIA

Pedro Guimarães deve deixar comando da Caixa após denúncias de assédio sexual

Yasmin Alencar · 29 de Junho de 2022 às 10:04

De acordo com as vítimas, os assédios feitos por Guimarães partiam desde convites inadequados, até mesmo a toques físicos

(BRASÍLIA) - A pressão para que o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, deixe o comando do banco tem crescido na manhã desta quarta-feira (29), após a revelação de que ele teria cometido assédio sexual contra funcionárias... Para ler o texto completo, torne-se assinante.