JUIZ DE GARANTIAS

O INQUÉRITO DIABÓLICO

Taiguara Fernandes · 27 de Dezembro de 2019 às 09:13
Não adianta ser a favor ou contra o juiz de garantias, como se tudo se resumisse a torcidas num estádio. É preciso observar o que a Lei realmente inseriu nas entrelinhas do processo penal, a pretexto de criar essa nova figura. Alguém parou para ler?

Não sei quem aconselhou o Presidente Bolsonaro a não vetar também todos os pontos acima, mas, seja quem for, essa pessoa não é amiga do Presidente, nem do Brasil – e, considerando todos os problemas e conseqüências práticas que serão originadas disso, é também o pior dos conselheiros. Afaste-se dessa pessoa, Presidente.