VIDEOCRÔNICA

O grande teatro da democracia brasileira

Paulo Briguet · 11 de Novembro de 2022 às 12:06

Não adianta mais o ex-presidiário simular normalidade visitando os ministros do Supremo. O povo não aceita mais a farsa política do sistema

 

"Nada nem ninguém representa de modo mais eficaz o que somos e o que haveremos de ser do que a comédia e os comediantes, ou então me diz: não viste representar alguma comédia em que se introduzem reis, imperadores e pontífices, cavaleiros, damas e vários outros personagens? Um faz o rufião, outro o embusteiro, este o mercador, aquele o soldado, outro o bobo sábio, outro o simplório apaixonado, mas acabada a comédia, despindo os trajes dela, todos os atores ficam iguais."
(Dom Quixote, Volume 2, Capítulo VII)

 


"Por apenas R$ 29/mês você acessa o conteúdo exclusivo do Brasil Sem Medo e financia o jornalismo sério, independente e alinhado com os seus valores. Torne-se membro assinante agora mesmo!"