#SILENCEDAY

Ninguém consegue calar o silêncio

Paulo Briguet · 14 de Janeiro de 2021 às 10:24

Jornal Brasil Sem Medo adere ao Dia do Silêncio. Amanhã, 15 de janeiro, usuários fazem um boicote mundial às redes sociais que promovem a censura

Amanhã é o Dia do Silêncio. Dia em que não vamos postar, em que não vamos clicar, em que não vamos comentar. Amanhã é dia de fazer outra coisa. Dia de ler um livro, de ver um filme, de ouvir uma sinfonia. Amanhã é dia de pensar, de meditar, de orar. Amanhã é dia de acender uma vela e falar com Deus. Amanhã é dia de conversar com quem você ama, de aglomerar os amigos, de abandonar as threads e as tretas. Amanhã é dia de ser um número a menos na conta dos bilionários. Amanhã é o dia da não fazer o que os donos do mundo querem.

Amanhã é o Dia da Liberdade. Dia de fazer as nossas escolhas, tomar as nossas decisões, definir os nossos próprios termos. Dia de escrever uma carta, de ligar para um amigo distante, de reunir a família. Amanhã é dia de ficar off-line. Mas, se não for possível desligar-se completamente, que seja o dia de se conectar aos velhos e bons e livres espaços da internet: o e-mail, os sites independentes, os grupos de discussão. Se mesmo assim não der para ficar longe das redes sociais, escolha aquelas que, ao menos até agora, não se corromperam: Telegram, Gab, Signal e outras poucas.

Amanhã é o Dia da Verdade. Porque não existe censor no mundo que possa calar o poder do silêncio, o espaço entre as palavras, a pausa entre os instantes. Ainda não inventaram um sistema para obrigar você a ignorar o que está diante dos seus olhos. Portanto, use-os. Não prostitua a sua inteligência e sua consciência para ganhar uns cliques. Prove que você não precisa deles.

Amanhã é o Dia da Realidade. Dia em que ninguém o acusará de discurso de ódio, de fake news, de propagar teorias da conspiração. Porque a conspiração, o ódio e a mentira são a matéria-prima deles, dos donos do mundo. É com a conspiração (aberta), o ódio (do bem) e a mentira (politicamente correta) que eles fazem o seu poder e a sua tirania. Por uma breve sexta-feira, nós vamos deixar os inimigos da liberdade falando sozinhos, para que descubram o quanto são vazias e mortas as suas consciências eletrônicas.

Amanhã é o Dia da Coragem. A coragem de resistir, em paz e silêncio, ao ataque das forças da tirania, da censura, do mal. O momento de voltar a outra face para o inimigo, não para fugir dele, mas para desafiá-lo. Sem nós ― sem o homem comum, a mulher comum, os seus filhos comuns, a sua vida comum ― as Big Techs não são nada. Amanhã é hora de dizer isso sem pronunciar uma palavra. Nenhum post, nenhum comentário, nenhum clique.

Guardem a data: 15 de janeiro de 2021 será o primeiro dia de nossa vitória. Não é por acaso que amanhã celebraremos a festa de São Paulo Eremita, o homem que há 1.700 anos se refugiou no silêncio de uma gruta para ouvir o Criador de todas as vozes.

Quando o homem cala, Deus fala.

Paulo Briguet é cronista e editor-chefe do jornal Brasil Sem Medo.


É justamente por isso que você precisa assinar o Brasil Sem Medo. Por menos de 1 real por dia, você tem acesso exclusivo às nossas matérias, análises, entrevistas, crônicas, podcasts e ebooks. Você pode optar pela assinatura anual, por 290/ano (média de R$24/mês) ou pela assinatura trimestral, por 87/trimestre (média de R$29/mês) e acessar agora mesmo a todo o conteúdo premium do Brasil Sem Medo.