JUSTIÇA

Ministro do TSE ordena que Youtube exclua vídeo em que Lula chama Bolsonaro de "genocida"

Yasmin Alencar · 11 de Agosto de 2022 às 09:32

De acordo com a decisão do ministro, a plataforma tem até 24 horas para realizar a exclusão, a contar do momento em que foi notificada na quarta-feira (10)

(BRASÍLIA) - O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Raul Araújo Filho, ordenou que o Youtube exclua vídeos em que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) chama o atual presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), de "genocida"... Para ler o texto completo, torne-se assinante.