VATICANO

Mídia cria falsa polêmica entre Bento XVI e Cardeal Sarah

Bernardo Küster · 14 de Janeiro de 2020 às 11:52
Após anúncio do livro “Das profundezas de nossos corações”, que critica duramente flexibilização do celibato,  jornalistas anticatólicos tentam mostrar ruptura entre o Papa Emérito e o Cardeal guineense. Mas a mentira saiu pela culatra

“Difamações excepcionalmente graves.” Foi dessa maneira que Cardeal Robert Sarah classificou as mentiras que se espalham pela mídia de que Bento XVI não autorizou a publicação de seus textos no novo livro do purpurado, intitulado ‘Das profundezas de nossos corações’. A obra será uma defesa robusta e consistente do sacerdócio católico, quebrando o silêncio de anos do Papa Emérito, e um claro levante, no entender de muitos, contra uma possível flexibilização do celibato sacerdotal na região Amazônica, um dos pontos contra a disciplina da Igreja Católica no ocidente presente no documento final do Sínodo para a Amazônia.