MANIFESTO AO BRASIL

Independência ontem, hoje e amanhã

Paulo Briguet · 6 de Setembro de 2022 às 12:40

BSM apoia as manifestações de Sete de Setembro
 

“Ou ficar a Pátria livre, ou morrer pelo Brasil.”
(Evaristo da Veiga)

A Independência de ontem foi o grito de um homem. A Independência de hoje é o grito de milhões. A Independência de amanhã será a liberdade para a voz de todos os brasileiros. A Independência de ontem foi um ato de fé. A Independência de hoje é um ato de esperança. A Independência de hoje será um ato de amor pelo que está acima de nós: Deus, Pátria, Família. A Independência de ontem foi o início de um Império. A Independência de hoje é o fim de uma ditadura. A Independência será o florescer de uma país livre e soberano. A Independência de ontem foi proclamada à beira de um riacho. A Independência de hoje é proclamada nas ruas, nas praças, nas cidades, nos campos. A Independência de amanhã será inscrita no coração de cada brasileiro. A Independência de ontem enfrentou os revolucionários da corte. A Independência de hoje enfrenta a corte dos revolucionários. A Independência de amanhã triunfará sobre a revolução. A Independência de ontem manteve a unidade nacional. A Independência de hoje manifesta a vontade nacional. A Independência de amanhã preservará a identidade nacional.

O BSM apoia as manifestações do povo brasileiro no Bicentenário da Independência – porque Deus, Pátria, Família e Liberdade valem o sacrifício da própria vida. Ontem, hoje ou amanhã, Independência sempre.
 


Às 20 horas, acompanhe o Conexão KGB Especial de Independência. O convidado especial da noite será o escritor Laudelino de Oliveira Lima.

 

 


"Por apenas R$ 29/mês você acessa o conteúdo exclusivo do Brasil Sem Medo e financia o jornalismo sério, independente e alinhado com os seus valores. Torne-se membro assinante agora mesmo!"