GRANDE MÍDIA

Imprensa diz que não, mas Bolsonaro já se solidarizou várias vezes com morte de críticos; veja

Redação BSM · 5 de Agosto de 2022 às 19:32

Presidente lamentou a morte de Ricardo Boechat, Paulo Gustavo e Bruno Covas, além de outras personalidades que não eram suas apoiadoras, não só de Jô Soares

Como é de costume lamentável por grande parte dos agentes da grande imprensa brasileira, a morte do artista e humorista Jô Soares, nesta sexta-feira (5), foi utilizada mais uma vez de maneira hedionda como instrumento de ativismo político contra o presidente Jair Bolsonaro (PL).

Logo nesta manhã (5), poucas horas após a divulgação da morte de Jô Soares, alguns veículos se aproveitaram para, precipitadamente, anunciar a falta de uma mensagem ou nota de solidariedade do presidente.

Quando a mensagem foi divulgada, no entanto, jornalistas e opositores torceram o nariz e insinuaram que a atitude era "inédita" e motivada por uma nova equipe de assessores ou uma estratégia de marketing com fins eleitoreiros, por ocasião da campanha de reeleição.

Não é verdade. Durante todo o período de mandato, Jair Bolsonaro cultivou o costume de se pronunciar e prestar solidariedade aos familiares amigos de diversos opositores, e mesmo pontuando divergências políticas ou ideológicas, seguia o hábito de reconhecer a atuação das personalidades em seus respectivos campos.

Mesmo o argumento de que o presidente teria prestado reverência incomum a Jô Soares não tem fundamento. Todas mensagens de solidariedade divulgadas por Jair Bolsonaro em suas redes sociais contém um tom fora da curva se considerando o lugar comum das manifestações políticas nesses episódios, possuindo caráter menos “político” e mais solene. 

Veja alguns exemplos.

  • Ricardo Boechat

 

  • Glória Perez

 

  • Gugu Liberato

 

  • Paulo Gustavo

Bruno Covas

 

Marília Mendonça

 

Paulinha Abelha

 

 

 


"Por apenas R$ 29/mês você acessa o conteúdo exclusivo do Brasil Sem Medo e financia o jornalismo sério, independente e alinhado com os seus valores. Torne-se membro assinante agora mesmo!"