PRATELEIRAS VAZIAS

Falta de medicamentos, um novo fantasma sobre a Alemanha

Pacelli Luckwü · 25 de Janeiro de 2023 às 17:55

Depois da catástrofe energética por más decisões políticas, a nova crise na Alemanha é a de escassez de remédios

Imagine uma mãe chorando ao telefone por falta de medicamentos para seu filho. Essa já é uma realidade na Alemanha, o país que, há apenas algumas décadas, se considerava a farmácia do mundo.

Os jornais alemães repercutiram recentemente a fala do Dr. Klaus Reinhardt, presidente da Associação Federal de Médicos da Alemanha, sugerindo à população que recorresse à troca e aos Flohmärkte (mercado informal de produtos usados) para a obtenção de medicamentos, tão grave a falta de alguns desses produtos nas farmácias.

Em entrevista ao portal Welt, um dos maiores do país, quando questionado sobre o perigo desses mercados informais no caso de medicamentos, o Dr. Reinhardt disse que as pessoas não deveriam entendê-lo de forma literal. A sugestão era para que os saudáveis estivessem dispostos a ceder aos doentes e que os vizinhos e parentes trocassem remédios entre si.