XERECAGEM DE FLATOS

É FEIQUE! Projeção do arco-íris no Congresso não foi homenagem às Forças Armadas

Motorista do Uber · 29 de Junho de 2020 às 11:12

Passividade dos militares no governo gerou confusão e homenagem LGBT foi falsamente atribuída às gloriosas forças armadas. Não caia nessa conversa, é feique.

Sim, nós temos muito orgulho desse Congresso

A agência de xerecagem de flatos do Brasil Sem Medo foi acionada após comentários em redes sociais de que a projeção das cores do arco-íris no Congresso fosse uma homenagem às Forças Armadas. Não é! Conhecidos por sua passividade e abertura a novas alianças, generais, almirantes, soldados e cabos foram erroneamente associados às causas LGBT. 

Não que o Exército, a Marinha e a Aeronáutica tenham algum problema com a associação, jamais! Mas trata-se apenas de colocar a verdade no cume.

Essa é a primeira vez em que as duas torres e as cumbucas do Congresso receberam as cores do movimento LGBT, embora já tenham passado por lá deputados homoafetivos como Jean Wyllys, Clodovil e alguns outros muitos que preferem não se orgulhar. Já a homenagem militar deve ficar para outra hora, possivelmente nos canteiros ou meios-fios que rondam o Legislativo. 

Selva!

Forças Armadas sempre homenageadas e ululadas pelo povo!

 


Gostou desse conteúdo? Há muitas outras matérias de excelente nível de informação e análise exclusiva para nossos assinantes. Faça a sua assinatura mensal por apenas 29/mês, ou a assinatura anual, por 290/ano (2 mensalidades gratuitas) e tenha acesso a todo o conteúdo premium do Brasil sem Medo.