EUA

Democratas da Califórnia tentam censurar canais conservadores

Otávio Pedriali · 25 de Fevereiro de 2021 às 15:50

Congressistas de esquerda pressionam empresas de streaming e TV a cabo para que deixem de transmitir Fox News, OANN e Newsmax

Em mais um episódio da ofensiva das elites contra a liberdade de expressão, dois congressistas americanos, membros do Partido Democrata, ampliam ainda mais o escopo da censura já descarada aos conservadores. Os congressistas Anna Eshoo e Jerry McNerney, ambos californianos, estão pressionando várias empresas de streaming e de TV a cabo para que deixem de transmitir três canais considerados conservadores: Fox News, OANN e Newsmax.

Os congressistas enviaram uma carta para várias empresas de comunicação caracterizando os três canais citados como veiculadores de boatos, desinformação e teorias da conspiração. A primeira ação tomada pelos democratas foi escrever para várias empresas com questionamentos acerca de sua política de combate a notícias falsas e desinformação. Mas os congressistas não são quaisquer membros da Casa de Representantes: ambos fazem parte de um poderoso comitê da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, a “House Committee on Energy and Commerce”, fato que torna ainda mais perigosa a ofensiva dos congressistas.

Abaixo, traduzimos as sete perguntas que os congressistas enviaram às empresas de streaming e TV à cabo dos EUA: