ABASTECIMENTO

Ceagesp distribui kits com alimentos para aliviar a crise

Claudio Dirani · 13 de Janeiro de 2021 às 17:01

Ação da nova administração visa combater eventuais reajustes de impostos, anunciados pelo governo paulista. Decreto que revoga a perda dos benefícios deve ser publicado amanhã (14/1)

Nem só de pão vive o homem – e o Ceagesp sabe bem disso. Em meio aos inúmeros contratempos que a crise sanitária provocou (e tem causado) à saúde financeira da população, a nova administração presidida pelo coronel reservista da Polícia Militar, Mello Araújo, fará nesta quinta-feira (14), a partir das 14 horas, uma ação beneficente, em parceria com os permissionários que atuam Entreposto Terminal São Paulo, na Vila Leopoldina.

Instalado no Portão 7 da Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo, o evento prevê a distribuição gratuita de 3 mil kits de feira, contendo legumes, frutas e verduras. A distribuição dos kits será realizada com entrega de senha e de acordo com o estoque.

De acordo com a direção do entreposto, “será uma forma de mostrar à sociedade a importância de todas as categorias envolvidas no abastecimento – e o quanto a criação e o aumento de impostos sobre os alimentos prejudicarão as famílias que mais precisam”.

Segundo decreto da gestão Doria, representada pelo secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado, Gustavo Junqueira, a partir desta sexta-feira (15/1) os produtos vendidos no Ceagesp, incluindo verduras, hortaliças e frutas, iriam perder o benefício da isenção total do ICMS, concedido pelo Governo de São Paulo em 2019.

Pelo decreto nº 65.255/2020, as operações de compra e venda em todo o Estado de São Paulo contariam com apenas isenção parcial do imposto sobre circulação de mercadorias e serviços. Na semana passada, agricultores, produtores e agentes ligados ao agronegócio protestaram em todo o Brasil na forma de “tratoraços” contra o decreto de João Doria.

Porém, na última sexta-feira, dia 8, a assessoria da pasta informou que o governo iria publicar até amanhã (14) o decreto revogando os cortes de benefícios. Caso a promessa não seja cumprida, os alimentos contarão com aumento de 4,14% sobre o ICMS.

Serviço:
Evento beneficente no CEAGESP
Data: Quinta-feira, 14/1, a partir das 14h
Local: Av. Gastão Vidigal – 1946 – Portão 7 – São Paulo


É justamente por isso que você precisa assinar o Brasil Sem Medo. Por menos de 1 real por dia, você tem acesso exclusivo às nossas matérias, análises, entrevistas, crônicas, podcasts e ebooks. Você pode optar pela assinatura anual, por 290/ano (média de R$24/mês) ou pela assinatura trimestral, por 87/trimestre (média de R$29/mês) e acessar agora mesmo a todo o conteúdo premium do Brasil Sem Medo.