OPINIÃO

"Até hoje não sei que ca***** é o tal 'grupo olavista'", afirma Olavo de Carvalho

Redação BSM · 1 de Setembro de 2020 às 12:36

Olavo criticou a "estupidez pomposa" dos militares diante da esquerda e negou qualquer influência no governo Bolsonaro: "Como foi possível que 'o olavismo' adquirisse a fama e o poder atemorizante de uma mega-organização capaz de mandar no governo?".

Olavo de Carvalho não poupou críticas aos militares em suas redes sociais. Rotulado como "guru ideológico" do governo Bolsonaro, o filósofo apontou o erro dos militares em afetar uma posição isenta diante dos comunistas e da esquerda em geral: "Os comunistas, é claro, riem às custas deles.", afirmou.

Para Olavo os militares no governo possuem uma "estupidez pomposa" e ignoram a importância de fatores estratégicos e ideológicos em nome de meros interesses comerciais. A defesa do comércio e de supostas vantagens cambiais não justificam o abandono da guerra política e do combate às ideologias de esquerda: "[é uma] mentalidade de caixeiros de loja", afirmou Olavo.

Apenas para citar um exemplo, Olavo disse que ainda nos anos 90 avisou aos militares que a criminalidade carioca iria superar o efetivo da polícia e que, informados, os militares nada fizeram a respeito: "Eles não ligaram a mínima". Um relatório da Polícia Civil fluminense divulgado no mês passado informa que o contingente do tráfico já é maior do que o efetivo da Polícia Militar nas ruas.

A respeito de sua suposta interferência no governo Bolsonaro e da participação de seus alunos em cargos públicos, Olavo foi enfático ao negar qualquer espécie de controle e influência direta ou indireta. "Nunca treinei militantes, nunca orientei facções políticas e nunca tive qualquer atividade secreta: todo o meu trabalho está bem documentado em livros e gravações (audio e vídeo) e sempre foi trabalho puramente individual, sem qualquer ligação com grupos e organizações", afirmou.


É justamente por isso que você precisa assinar o Brasil Sem Medo. Por menos de 1 real por dia, você tem acesso exclusivo às nossas matérias, análises, entrevistas, crônicas, podcasts e ebooks. Você pode optar pela assinatura anual, por 290/ano (média de R$24/mês) ou pela assinatura trimestral, por 87/trimestre (média de R$29/mês) e acessar agora mesmo a todo o conteúdo premium do Brasil Sem Medo.