CARTEIRA DE ESTUDANTE

A carteirinha de estudante e a carteirada da UNE

Fernando de Castro · 15 de Janeiro de 2020 às 13:31
Medida provisória que institui a emissão gratuita da carteira de estudante pode ser barrada no Congresso Nacional por articulação entre Rodrigo Maia e PCdoB

Prestes a perder validade no próximo dia 16 de fevereiro, a Medida Provisória que institui a gratuidade no fornecimento da carteira de estudante, a ID Estudantil, corre riscos de não ser aprovada no Congresso. O PCdoB tem se articulado com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM/RJ) para tentar arquivar a MP, uma vez que o partido possui ligações explícitas com a União Nacional dos Estudantes (UNE), entidade que detém o monopólio na emissão das carteiras. 

Em entrevista concedida com exclusividade ao Jornal BSM, o secretário de Ensino Superior, Arnaldo Lima, destacou que além dos benefícios da gratuidade da ID, a nova carteira poderá aproximar a relação dos estudantes com o Ministério da Educação.